Compras Online Seguras – Veja como Proceder na Hora de Comprar

4 abr

segurança nas compras pela internet

Nos dias atuais é muito comum realizar compras pela internet. Poupar tempo e muitas vezes economizar dinheiro são os maiores atrativos quando o assunto é compras. Eis algumas dicas de fazer uma compra com sucesso.

Pesquisar os preços dos produtos a serem adquiridos é o primeiro passo para iniciar. Existem muitos sites de comparação de preços que também indicam os sites onde encontrar os produtos. Ofertas muito baratas não são confiáveis, pois costumam ser golpistas ou produtos de má qualidade.

Com o site da loja virtual em mãos, agora o importante é verificar sempre a idoneidade dessa loja virtual. Sites de lojas virtuais com blindagem ou outro tipo de segurança que permite mais confiabilidade são os ideais. Dar sempre preferência a sites conhecidos também é muito importante.

Para saber a segurança e confiabilidade de um site, existem alguns procedimentos que podem ajudar:

  • Conferir se o site tem selos de segurança e se são cadastrados e reconhecidos nos órgãos principais que regem o comércio eletrônico no Brasil
  • Verificar o CNPJ da firma no site da Receita Federal,
  • Procurar em sites de reclamações se existem muitos clientes insatisfeitos com o serviço desse site,
  • Verificar se a firma tem algum contato on-line, atendimento ao cliente, telefones e endereços,
  • Confirmar se o endereço do site realmente corresponde ao site oficial,
  • Verificar se o site onde se quer fazer compras possui um cadeado no canto inferior direito do seu navegador, pois esse cadeado significa que os dados fornecidos serão criptografados antes de serem enviados, preservando assim sua segurança contra fraudes, pode ser reconhecido também pelo endereço, bastando conferir se está escrito “https://” ao invés de “http://”

Em sites de compras da China, os cuidados devem ser maiores, pois tem que se levar em consideração as taxas de importação que aumentam em 60% no valor final do produto caso sejam tarifados pela alfândega.

Todas as informações referentes à compra efetuada devem sem guardados. Salvar ou fazer a impressão dos valores pagos, protocolos, número de pedidos e todos os dados informados ou que comprovem a compra e as condições inclusive o nome do site onde foi efetuada a compra serão necessários para o acompanhamento e serão em algum momento solicitados e garantirão a segurança.

A nota fiscal de venda é indispensável também, pois comprova que não é um produto roubado, sendo essencial numa possível reclamação e dará o direito de acionar a garantia sobre o produto que vier com defeito e também a possibilidade de troca do mesmo.

Em sua grande maioria, os métodos mais utilizados para pagamento nas lojas virtuaisnacionais são os cartões de crédito e boletos bancários. Os cartões de crédito são os mais seguros, as próprias firmas mantenedoras dos cartões tem políticas de segurança bem confiáveis no caso de um eventual problema.

As formas de pagamento mais seguras nos sites chineses são o PayPal e os cartões de crédito internacionais. Transferências bancárias não são seguras a não ser que se tenha um representante no país para conferir se a mercadoria foi realmente enviada. Se o site não possuir essas opções de pagamento, escolha o envio por Sedex a cobrar onde se paga pelo produto ao receber nos correios.

Em lojas virtuais nacionais, o tempo de entrega é descrito no próprio site, em média de dois a sete dias após a confirmação do pagamento. Por isso é necessário ler os termos de compromisso, políticas de privacidade e contratos de cada loja. Em sites internacionais como os sites chineses o tempo de postagem do produto comprado pode levar ate sessenta dias. É importante também verificar se existem despesas extras como taxas ou fretes para evitar possíveis surpresas na hora de receber seu produto.

Enfim, se todas as recomendações foram seguidas e mesmo assim sua encomenda chegou errada, com defeito ou simplesmente não chegou e não foi devolvido o dinheiro, procure o PROCON para reclamações. Se mesmo assim não for resolvido, procure o Juizado de Pequenas Causas com toda a documentação da compra e abra um processo judicial. O Código de Defesa do Consumidor protege o reclamante, ou seja, quem tem que provar é o reclamado, no caso a loja virtual onde foi comprada a mercadoria.

Deixe uma resposta